24/01/2012

Uma verdade...


"Depois que os anos passam, marcas na face mostram alegrias e tristezas, não tem volta, só lembranças."

Música Roupa Nova

Reflexão



Você quis partilhar a vida,
A vida nossa de cada dia,
Cheia de sentimentos.

Você, que é ternura e coração,
Deixa que os sentimentos
Se revelem, com sobriedade,
Com confiança.
Você tem um caráter firme
Moldado com dignidade:
És reta!
Palavras de censura ficam esquecidas:
Palavras de apoio tomam o lugar
De repreensão.
Você merece ouvir palavras de coragem...
Você é a coragem!

Para você, o dia é um desafio,
É o trabalho, é o descanso.
A noite também é um atalho,
Atalho para a partilha!

Depois da partilha, o descanso, o restauro,
As perguntas foram respondidas.
Mas, até que a última pergunta seja respondida
O tempo será (estará?) exaurido.
E talvez “a” pergunta fique sem resposta.
Por quê?

 

Eu queria trazer-te uns versos muito lindos


Colhidos no mais íntimo de mim...
Suas palavras
Seriam as mais simples do mundo,
Porém não sei que luz as iluminaria
Que terias de fechar teus olhos para as ouvir...
Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
Como essa que acende inesperadas cores
Nas lanternas chinesas de papel!

Trago-te palavras, apenas...
E que estão escritas do lado de fora do papel...
Não sei, eu nunca soube o que dizer-te
E este poema vai morrendo, ardente e puro, ao vento
Da poesia...
Como uma pobre lanterna que incendiou!



13/01/2012




"Agradeci o silêncio daquela noite...
Percebi que o amor não segue expectativas, seu mistério é puro e absoluto."
As pontes de Madison

10/01/2012